Farmácia especializada em Cannabis: seria essa uma realidade?

Produtos à base de Cannabis e até plantas e becks são vendidos em lojas em diversas partes do mundo, como nos coffee shops da Holanda e nos dispensários dos Estados Unidos. Apesar dessa facilidade, aqui no Brasil ainda estamos muito atrasados. 

Mas há luz no fim do túnel: a primeira farmácia especializada em Cannabis acaba de ser aberta, em Maringá, no Paraná. Confira como surgiu essa ideia, quais os produtos que serão comercializados e mais informações sobre uso de Cannabis medicinal. 

Primeira farmácia especializada em Cannabis

A Cannect lançou a primeira farmácia especializada em Cannabis do Brasil, situada em Maringá, no Paraná. Buscando facilitar o acesso dos pacientes aos medicamentos, a empresa pretende distribuir produtos à base de Cannabis para todo o país com entrega 48 horas depois de recolher a receita do paciente. 

Os medicamentos comercializados são todos aprovados pela Anvisa e seguem todas as normas para compra de produtos canábicos estabelecidas pelo Governo, que explicaremos em detalhes a seguir. Hoje, há cerca de 14 produtos aprovados pela agência sanitária para serem comercializados em farmácias nacionais. Porém, nem todos os fabricantes já conseguiram produzir e disponibilizar esses medicamentos. 

Canabinóides e doenças neurológicas

A própria Cannect abriu oferecendo apenas produtos da Nunature e pretende ampliar para outras marcas nos próximos meses, pois ainda estão em processo de fabricação e importação. Ao oferecer diversos fabricantes diferentes, os pacientes poderão comparar preços e escolher a opção com melhor custo benefício. 

A Cannect é uma healthtec fundada em 2021 com foco em oferecer serviços de saúde por meio de ferramentas tecnológicas. Em maio deste ano, a empresa anunciou fusão com a Dr Cannabis para oferecer acesso aos médicos prescritores com domínio no assunto. 

Formas de comprar medicamentos além da farmácia especializada em Cannabis

Mesmo com o surgimento de uma farmácia especializada em Cannabis, o acesso aos medicamentos canábicos no Brasil ainda é difícil e caro. A maioria dos pacientes que possuem recursos financeiros recorrem aos sites de importação de CBD, que possuem uma variedade maior de produtos, mas que dependem da aprovação de importação da Anvisa, que pode demorar de 15 a 30 dias. 

Outra possibilidade de compra dos medicamentos é através de associações de pacientes, em que pacientes ou responsáveis por pacientes se unem para garantir o direito à importação ou autorização de cultivo. Se você pretende importar seus medicamentos, confira o verdadeiro passo a passo de como importar CBD

Como guardar maconha? Aprenda a guardar seu beck da melhor maneira

O que é preciso para realizar o tratamento canábico

Seja através da farmácia especializada em Cannabis, dos sites de importação ou das associações de pacientes, é preciso seguir alguns passos para ter direito ao tratamento com medicamentos à base de Cannabis. 

O primeiro passo é realizar uma consulta médica através de um médico prescritor de Cannabis. Ele irá analisar sua condição e receitar o medicamento e a dosagem necessária. Há dois tipos de receita especial de medicamentos controlados: azul para medicamentos com CBD e menos de 0,2% de THC; e amarela para medicamentos acima dessa concentração. Entenda as diferenças entre CBD e THC e quais doenças podem ser tratadas com cada um aqui. 

Qual é a importância de mapear o mercado de Cannabis no Brasil?

Depois, é preciso solicitar um pedido de importação junto à Anvisa e realizar a compra do medicamento nos sites de importação. A farmácia especializada em Cannabis elimina essa etapa. O paciente apresenta a receita especial e recebe o medicamento em casa, sem necessidade de entrar em contato com a Anvisa e encomendar de uma empresa no exterior. 

Seja qual for a sua escolha, quanto mais opções de compra e medicamentos disponíveis, melhor será para os pacientes que precisam da Cannabis para realizar seus tratamentos. Opções com menos burocracia e menos tempo de espera só facilitam a vida dos pacientes e parentes de pacientes e fortalecem o mercado, fazendo com que mais empresas surjam e invistam dinheiro no setor.

Deixar uma resposta