Quantas novas oportunidades de emprego podem surgir com a legalização da maconha?

Uma nova oportunidade de emprego no Canadá chamou atenção da mídia e de maconheiros ao redor do mundo: sommelier de maconha. 

Também nos faz pensar quantas novas oportunidades de emprego podem surgir com a legalização da maconha? 

Além de médicos, indústrias farmacêuticas e de pesquisa, importação e outras áreas que já estão começando a ser impulsionadas no Brasil, a legalização da maconha para todos os fins abre um leque gigante de novas indústrias e empregos. 

Reunimos algumas profissões que podem ser impulsionadas – ou até criadas – com a legalização da maconha e que podem melhorar a economia do Brasil. 

Sommelier de maconha

Voltando um pouco, que história é essa de sommelier de maconha?

A empresa de Cannabis canadence AHLOT publicou um anúncio de vagas em busca de provadores de maconha para selecionar os produtos de alta qualidade da marca. 

Apesar do anúncio ser apenas para canadenses, a repercussão da mídia gerou cerca de 25 mil candidatos à vaga. 

Os sortudos que garantiram as vagas precisam experimentar diferentes safras de maconha e preencher formulários  com base no aroma, sabor, efeitos psicotrópicos e apresentação. 

E essa é só uma das possibilidades de emprego que a legalização da maconha pode gerar. 

História da maconha: origem, tabus e avanços

Novas oportunidades de emprego com a legalização da maconha

O setor de Cannabis pode gerar mais de 300 mil empregos no Brasil após o quarto ano da regulamentação, segundo relatório da Kaya Mind

Como o Brasil ainda está longe da legalização da maconha e possui uma regulamentação muito restritiva, as profissões no setor giram em torno do uso medicinal, como médicos, farmacêuticos e até veterinários que fazem tratamentos canábicos em pets

Mas é possível, tanto adaptar profissões que já existem, quanto criar novas possibilidades, como veremos a seguir. 

Adaptação de profissões existentes

O que deve ocorrer no Brasil, assim como no resto do mundo que já aderiu à legalização da maconha, é a especialização de profissionais em toda a cadeia de produção. 

Bioquímicos, advogados, engenheiros ambientais, cientistas e analistas de dados, técnicos de laboratório, diretores de extração, gerentes de conformidades e especialistas em vaporizadores são algumas das profissões que podem se especializar no mercado canábico. 

Sem contar os empregos relacionados à comercialização, como vendedores, entregadores, equipe de marketing, programadores de aplicativos e e-commerces, fabricantes de produtos e muito mais! 

Como guardar maconha? Aprenda a guardar seu beck da melhor maneira

Criação de novas profissões

Além do sommelier de maconha, há outras profissões que estão surgindo em virtude da legalização da maconha em países que já fizeram as pazes com a planta. 

São elas:  

  • Budtender: São os profissionais que trabalham nos dispensários, locais em que a maconha legal é comercializada. Eles precisam conhecer bastante os tipos e safras para entender as necessidades do cliente e sugerir a melhor opção. 
  • Trimmers: Profissionais responsáveis por separar a flor das folhas. Essa função é muito delicada, precisa ser feita com uma pequena tesoura, por isso o processo é todo manual. 
  • Master Growers: Essa função pode ser traduzida como “mestre-agricultor”, que é responsável por escolher a melhor variedade da planta para atingir os resultados esperados, principalmente em relação à quantidade de canabinoides.  
  • Especialistas em vaporizadores e outros itens canábicos: Com a legalização da maconha, é certo que o aumento de produtos para usá-la vai aumentar. É importante ter especialistas que criem produtos para esse uso. 
  • Influencers Canábicos: Influencers ou embaixadores que vão divulgar marcas canábicas nas redes sociais. 
Como investir em Cannabis: mercado, dicas e tipos de ações

Você sabia que dá para ser um influenciador canábico no Brasil? 

Clique aqui e saiba tudo sobre como seu um influenciar 420 e ajudar o mercado canábico brasileiro. 

Como você pode ver, a legalização da maconha pode ser uma solução para a crise atual. 

Geração de empregos, impulsionamento da economia, exportação de produtos e medicamentos, impulsionamento do turismo, entre outros benefícios. 
Regularizar a maconha em larga escala no Brasil é abrir um leque de possibilidades para que possamos melhorar a economia e a vida de milhões de brasileiros.

Deixar uma resposta