Cannabis e pets: conheça os produtos disponíveis no mercado

Dos benefícios da Cannabis para humanos, você provavelmente já sabe, não é mesmo?

Mas algo que pode ser novidade para muita gente é a relação vantajosa entre Cannabis e pets!

Com o aprofundamento nos estudos sobre a planta, muitos benefícios têm sido descobertos e, com isso, o uso da cannabis para animais de estimação também tem crescido em popularidade.

Cannabis e pets podem andar juntos quando o assunto é saúde e comportamento, afinal, a maconha tem efeitos anti-inflamatórios, analgésicos, ansiolíticos, calmantes, regula o sistema imunológico e muito mais.

A planta pode ser utilizada no tratamento de dores crônicas, câncer, convulsões, agressividade, hiperestesia, entre outros.

Conheça alguns dos produtos disponíveis no mercado de Cannabis e pets!

Regulamentação

Apesar de possuírem um sistema endocanabinoide, podendo se beneficiar dos efeitos terapêuticos da Cannabis, os pets ainda não possuem carta branca para o uso de medicamentos à base da planta.

No mercado de Cannabis e pets, ainda não existem produtos regulamentados próprios para este uso específico, o que evidencia um grande equívoco da legislação brasileira.

Afinal, se existe uma condição que pode ser tratada a partir da Cannabis, por que não usá-la?

Mas, nem tudo é como esperamos e, por isso, ainda é preciso lutar para conquistar a legalidade do mercado de Cannabis e pets.

Tratamento de pets com Cannabis

Toxicidade

Antes de pensar em dar um beck para o seu pet, precisamos te alertar: a maconha para ser fumada não deve ser oferecida para os animais!

Da forma que consumimos a planta, ela é tóxica para os bichinhos, devido às quantidades elevadas de THC.

Caso consumida por pets, ela pode causar tremores, incontinência urinária, salivação excessiva, vômitos, redução da energia e outros sintomas.

Mas não se preocupe, em outras formas, como o óleo de CBD, a Cannabis pode ser tranquilamente consumida pelo seu pet, que vai receber os diversos benefícios da planta.

Cannabis e pets: conheça os produtos disponíveis no mercado

Segundo um relatório publicado pela Kaya Mind, foram mapeados, no mercado mundial, cerca de 230 produtos à base da planta que foram desenvolvidos especialmente para uso veterinário.

Destes, 58,9% são voltados para cachorros, já que estes são os que mais geram estudos na temática de Cannabis e pets.

Infelizmente, eles ainda não podem ser conseguidos de maneira legal no Brasil, já que o uso veterinário ainda não foi regulamentado no país.

Porém, com o fortalecimento da relação entre Cannabis e pets ao redor do mundo e a fabricação de produtos exclusivos para animais por potências como Estados Unidos, Canadá, Suíça e Holanda, nos faz caminhar cada vez mais para uma possível descriminalização do uso veterinário.

Pesquisas sobre Cannabis: confira as mais relevantes

Os produtos analisados pela Kaya Mind, desenvolvidos nos países citados acima, possuem diversas particularidades quando comparados aos de uso humano.

Em primeiro lugar, por ser tóxico para os animais, o THC possui concentrações mínimas nestes medicamentos.

Além disso, como os tamanhos dos bichinhos são dos mais diversos, desde gatos de pequeno porte até cavalos, por exemplo, é necessário que as concentrações e dosagens do produto sejam, também, muito variadas, para atender um público diverso.

A forma de administração oral é a mais comum dentro do mercado de Cannabis e pets, e os sabores são dos mais diversos, para tornar o medicamento mais palatável: bacon, frango, manteiga de amendoim, carne, peixe, frutas e diversos outros.

As finalidades que constam nas bulas são das mais diversas, mas as que mais aparecem são a promoção do bem-estar e a redução da ansiedade e agitação;

Outras indicações como dor, articulações, saúde da pele, suporte imunológico e senilidade também são muito comuns de aparecerem.

Apesar de ainda proibidos no Brasil, existem formas legais de conseguir administrar medicamentos à base de Cannabis para o seu pet.

5 utilidades do cânhamo que você talvez não conheça

Como conseguir CBD para o meu pet?

A temática que envolve Cannabis e pets no Brasil ainda é muito confusa.

Isto porque, de acordo com a Anvisa, é proibida a prescrição de medicamentos à base da planta para animais, mas, por outro lado, o médico veterinário é autorizado por seu estatuto a prescrever todo medicamento que julgar necessário.

No entanto, prescrever não significa que ele pode te oferecer o produto em mãos, já que isto pode ser considerado tráfico.

Conseguindo a prescrição, o primeiro passo foi dado. 

Assim como era para o consumo de medicamentos humanos alguns anos atrás, a próxima etapa para conseguir produtos à base de Cannabis para pets é a busca por processos na Justiça, a judicialização.

Apesar de burocrática, esta iniciativa tem oferecido a diversos tutores a possibilidade de oferecer mais qualidade de vida a seus animais, como é o caso do Tomy, do Anakim e da Gaya.

As perspectivas de crescimento do mercado canábico são enormes!

Já imaginou empreender nesse meio?
Faça parte da nossa Escola de Hempreendedorismo e mergulhe de cabeça nesse universo em expansão!

Deixar uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.